Qual a melhor POSTURA para se adotar na faculdade e ir bem?

Qual a melhor POSTURA para se adotar na faculdade e ir bem?

Para algumas pessoas, o ambiente acadêmico pode parecer bem difícil de se adaptar, até porquê é uma fase diferente de tudo o que já se viveu nas escolas. Ocorre que, assim como existia um tipo de postura correta dentro do ensino fundamental ou médio, também existe a postura ideal para o universitário.

Se você nunca esteve em uma faculdade antes, como saber a maneira certa de agir quando estiver lá dentro?

Para isso criamos esse artigo, para que você possa vislumbrar como poderá atingir seu máximo enquanto estudante. E no futuro tornar-se um(a) excelente profissional.

Comunique-se

Não fique para trás apenas porque tem vergonha de se aproximar de outras pessoas. É normal ter dificuldade para se aproximar, todos possuímos um certo grau de timidez. Porém, dentro da faculdade, você terá inúmeras chances de se superar e interagir com calouros como você e também com os veteranos.

Não deixe que as oportunidades passem. Se comunique!

Afinal, você não quer perder a chance de ganhar novos amigos, participar de experiências incríveis e que só acontecem durante a faculdade.

Participe de todos os eventos ou palestras promovidas pela sua instituição, Não perca nenhuma prova e nenhuma data de entrega dos trabalhos de sala. Lembre-se de que agora é pra valer e a sua postura diante das imposições da faculdade é que definirão o universitário que você quer ser.

Provas e Apresentações

São dois momentos diferentes e que exigirão muito de você. Principalmente as apresentações, afinal, é o momento em que você estará diante de todos os alunos da sua sala, sozinho ou em grupo, para dar o seu recado, ou seja, falar sobre determinado tema com tempo limitado.

Todos os universitários passam por isso, felizmente existem muitas dicas para se sair bem. Então, estude sobre as técnicas de apresentação.

Aqui vale buscar dicas na internet, com os veteranos, converse com professores, veja vídeos, assista apresentações de outros colegas, até entender todos os pontos que compõem um bom trabalho.

É importante também que você saiba lidar com trabalho em equipe.

Para evitar que o trabalho sobrecarregue apenas um colega da equipe, enquanto os demais participantes não fazem nada.

Procure participar de equipes compostas por pessoas motivadas. As vezes pode parecer vantajoso trabalhar com algum amigo da sala, porém no fim das contas um pode atrasar o outro. Saiba identificar um parceiro comprometido como você.

Portanto, a escolha não deve ser feita somente por afinidade. Pode ser um quesito, mas não faça dele o único.

Já para as provas, estabeleça uma rotina de estudos. Da forma que melhor lhe convém, cada aluno tem a sua preferida. Seja através de leitura, produção de resumos, questionários, estudo pela internet. Seja qual for a sua forma de estudo, faça disso um hábito, seja disciplinado e não desapegue.

As matérias costumam se acumular durante o ano, se você deixou de aprender algo logo no início, pode ser que fique prejudicado no futuro. Portanto, faça seu roteiro de estudo, inclua-o na sua rotina diária, você só tem a ganhar.

Oratória

Essa é uma dica que lhe cairá muito bem no período de conclusão de curso, ou seja, o tão temido TCC.

É quando se tem que apresentar um trabalho para toda uma banca de jurados, além dos demais presentes, momento em que o aluno com uma boa oratória se destaca.

Afinal, não basta que o trabalho esteja perfeito, é necessário que a pessoa saiba como passar as informações sobre o tema, sobre o trabalho. Quando uma pessoa sabe o que está falando e o faz com confiança e clareza, acaba captando a atenção de todos os presentes.

É isso que você precisa, para o seu grande momento. Mas não pense que isso será válido apenas para sua conclusão de curso. Uma boa oratória sempre será necessária para a vida profissional também. Porque não melhorar sua oratória desde já?

Dominando a boa oratória, você poderá se destacar logo nos primeiros trabalhos da faculdade. Será como uma escada: a cada trabalho apresentado um degrau mais perto da perfeição.

Vá atrás do conteúdo

Não se acomode! Você não precisa esperar o seu professor vir todos os dias entregar as matérias no seu colo, para você começar a estudar.

É claro que você pode fazer isso. Entretanto, os alunos com mais iniciativas, acabam por encontrar ótimas fontes de conteúdo para estudar pela internet, por exemplo.

É ai que o aluno curioso se destaca. Afinal, atualmente no Youtube, existe uma variedade infinita de matérias para serem estudadas. Desde conteúdos de ensino médio até conteúdos mais específicos, para cursos de graduação.

Você não gasta com inscrição e ainda tem a capacidade de se aprofundar em qualquer assunto que lhe parece agradável ou pertinente.

Conclusão

Apresentamos as melhores posturas para o aluno que vai entrar na faculdade. Mas é bom ressaltar que a pessoa deve ter sede de informação, ser curiosa, utilizar-se da ferramenta internet ou outros recursos disponíveis ao seu favor, para ter acesso as mais diversas formas de conteúdo.

Que entenda a importância de interagir e participar do dia a dia de pessoas diferentes, somando experiências, compartilhando fatos, vivendo a faculdade como a fase incrível que ela é.

Uma boa postura para alguém que acaba de entrar na faculdade, é aquela que inclui preocupação com os trabalhos, sejam eles individuais ou não. Que se preocupe com as provas e a necessidade de se estudar todo dia para absorver o que foi aprendido, que seja aplicado. Que entenda que está lá para fazer algo sério, não uma brincadeira. Afinal, é do seu futuro que estamos falando.

Gostou desse artigo?

Se agora você já se sente melhor sobre entrar na faculdade mas ainda não sabe qual curso fazer, ou tem algum amigo que ainda está em dúvida, compartilhe com ele nosso artigo sobre qual área combina mais com você: humanas, exatas ou biológicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *