Qual a diferença entre tecnólogo e bacharelado?

A semelhança dos dois formatos de curso é que ambas se categorizam como ensino superior e são oferecidas tanto por universidades públicas ou particulares e precisam ser reconhecidas pelo MEC, mas apesar disso há muitas diferenças entre elas.

Essas graduações são bem distintas uma da outra e é muito importante saber essas diferenças para definir qual será o melhor caminho a ser percorrido em sua carreira. Mas não se preocupe, explicamos as diferenças entre tecnólogo e bacharelado no texto a seguir.

O que é bacharelado?

Para ingressar em um curso de bacharelado, é obrigatório ter concluído o ensino médio e passar por um processo seletivo, que pode ser o Sisu, ProUni, vestibular tradicional, vestibular agendado ou como em algumas faculdades particulares, é necessário ter passado no Enem.

O curso de bacharelado também é oferecido a distância. Nos cursos EAD, como são chamados, o aluno tem boa parte das aulas via internet e participa de grupos de discussão, fóruns e chats com os professores e colegas.

Dependendo de qual curso você tiver escolhido, o bacharelado precisa escolher um apoio presencial para cumprir essas atividades.

O que é tecnólogo?

O tecnólogo é um profissional de nível superior, assim como os bacharelados, porém são especializados em uma determinada área de atuação. Isso permite que ele se encarregue de ocupar espaços em empresas que estejam necessitando mão de obra qualificada.

Duração

O tempo investido para se formar é uma das principais diferenças entre os cursos de tecnólogo e bacharelado. Enquanto o curso de bacharelado dura entre cerca de 4 a 6 anos, o curso de tecnólogo possui uma duração bem menor, durando entre 2 e 3 anos.

Os cursos de tecnólogo foram desenvolvidos para responder às necessidades do mercado de trabalho. Com isso, os alunos conseguem uma formação mais rápida, em sintonia com o perfil procurado pelas empresas que estão procurando pessoas capacitadas.

Grade Curricular

Outra diferença bastante perceptível entre o curso de tecnólogo e o bacharelado é o objetivo da grade curricular.

O bacharelado tem um currículo mais abrangente, com disciplinas teórico e algumas práticas, enquanto o tecnólogo é mais focado em atender as necessidades do mercado de trabalho com mais urgência, o que explica o motivo de suas disciplinas serem mais práticas e menos teóricas.

Mercado de trabalho

De acordo com o Guia do Estudante os bacharelados permitem maior flexibilidade quanto a possibilidades de inserção profissional. Um exemplo disso é um administrador, que recebe formação que o permite atuar nas áreas financeira, de logística e de recursos humanos.

Já os cursos tecnológicos receberam uma grande expansão a partir da última década do século passado; tal fato foi devido à uma proposição por parte do governo federal de diminuição do tempo de formação e de oferta de profissionais capacitados que atendessem a demandas específicas das empresas, sem que houvesse necessidade para um aprofundamento teórico abrangente.

A contrapartida está no limite que tal profissional formado como tecnólogo pode encontrar caso precise realizar o que chamam de “deslocamento horizontal, isto significa migrar para outro setor de atuação dentro da mesma profissão.

Conclusão

A dica que temos para dar é, ambas opções são muito boas, porém, saiba qual se aplica melhor à você. Se você já tem um plano de carreira bem definido e sabe o caminho que vai trilhar, ótimo, tecnólogo é uma boa escolha, porém, se ainda não escolheu e apesar de saber a área de atuação, não sabe qual parte dela vai ocupar, então siga com um curso de bacharelado.

Se você ainda não sabe qual curso você irá fazer, recomendamos então que faça um teste vocacional, eles são excelentes formas para te ajudar a descobrir aquilo que realmente deseja fazer.

Então se gostou desse post, vai gostar também do nosso post Teste Vocacional: Como escolher com inteligência qual carreira seguir?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *