O que faz um engenheiro de produção? Essa profissão é para mim?

Quer saber mais sobre o que faz um engenheiro de produção e sobre como funciona o curso. Saiba aqui!

Se você entrou nesse post, deve ser porque está cogitando a seguir a profissão como Engenheiro de Produção. Para ter mais certeza de que essa carreira figura entre as suas opções, é importante descobrir quais são as funções e ainda quais as características necessárias.

É importante ter em mente que é um curso onde serão desenvolvidas capacidades técnicas adquiridas por meio do estudo de Ciências Matemáticas, Físicas e Sociais. Como também conhecimentos em gestão, administração, logística, planejamento e análise de dados. Para isso, é importante que o estudante tenha afinidade nessas duas esferas.

O Engenheiro de Produção atua no planejamento, projeção e gerenciamento dos sistemas organizacionais. Por isso, é necessário desenvolver capacidades técnicas e gerenciais para otimizar o uso de recursos produtivos e diminuir os custos de produção de bens e serviços. Além disso, espera-se que o engenheiro de produção se preocupe com o desempenho econômico, seja eficaz e ambientalmente sustentável.

Achou interessante essa introdução? De fato, essa é uma das áreas da engenharia mais requisitadas justamente por conciliar conhecimentos técnicos com habilidades gerenciais. Vamos falar mais sobre quem é o engenheiro de produção e sobre como funciona o curso.

Quem é o Engenheiro de Produção?

Retomando: o profissional em Engenharia de Produção analisa o funcionamento de uma empresa de forma ampla, buscando maneiras de otimizar os processos do local e criar um fluxo de trabalho mais eficiente. Isso envolve reduzir os custos mantendo a produtividade em alta.

Para isso, utiliza dados técnicos como relatórios financeiros, logísticos e de produção e propõe melhorias, levando em conta a estrutura física e os recursos humanos da empresa.

Em resumo, algumas das atividades de um engenheiro de produção são:

  • Projetar sistemas de produção;
  • Administrar o armazenamento de matérias-primas;
  • Desenvolver sistemas de controle de qualidade e controle financeiro;
  • Ajudar no desenvolvimento de máquinas, produtos e reparo de equipamentos.

Como deve ter ficado evidente, gerenciar esse processo exige do profissional mais do que simplesmente conhecimento analítico: requer habilidades de gestão profundas. Principalmente, tratando-se da interação com clientes, fornecedores, gerentes e equipes.

Como funciona um curso de engenharia de produção?

A grade curricular de um curso de Engenharia de Produção possui matérias de exatas, como matemática e cálculo. Esses conhecimentos serão aplicados na projeção, modelagem, condução de experimentos e interpretação de resultados na análise e tomada de decisões.

Já os saberes científicos, tecnológicos e instrumentais são utilizados para atividades técnicas, projetar e analisar sistemas com o potencial inovador e criativo e acompanhar os avanços tecnológicos. Juntos, esses conhecimentos possibilitam a previsão de cenários produtivos, a interação entre as organizações e a diminuição dos impactos sobre a competitividade.

As disciplinas técnicas são a maioria dentro do currículo da graduação. No entanto, o engenheiro de produção é um agente de desenvolvimento econômico e social. Necessita de conhecimentos para considerar os problemas em sua totalidade, com visão sistêmica de processo em geral.

Assim, a grade curricular dispõe de matérias para que o profissional saiba gerenciar equipes interdisciplinares de trabalho, comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica, utilizar ferramentas de gestão, avaliar a viabilidade econômica dos projetos e compreender eticamente as responsabilidades profissionais.

Engenharia de produção na UNICEP

O cenário mundial demanda uso intensivo da ciência e tecnologia e, para isso, é fundamental que os engenheiros de produção sejam capazes de atuar, de forma competente, em campos ligados ao processo produtivo. O Curso de Engenharia de Produção do UNICEP foi desenhado para atender a demanda da sociedade e preparar os seus alunos para os desafios do mercado de trabalho.

Por isso, conta com ações de atualização de conhecimentos, capacitação em pesquisa, integração do desenvolvimento dos setores comunitários e produtivos por meio da inserção e promove, continuamente, novos saberes, nas dimensões sociais, regionais, políticas e institucionais.

O objetivo é formar cidadãos e profissionais altamente qualificados capazes de coordenar informações, interagir com pessoas e interpretar de maneira dinâmica a realidade.

Está interessado na graduação em Engenharia de Produção? Veja mais informações sobre a graduação da UNICEP e explore todas as possibilidades de atuação dentro da profissão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *