O que é interdisciplinaridade? Quais suas variações?

O que é interdisciplinaridade? Quais suas variações?

Você sabe o que significa interdisciplinaridade e como pode ser aplicada no processo de ensino-aprendizagem? Aqui neste post, vai descobrir tudo!

No âmbito escolar, a palavra disciplina constitui um conjunto de aulas sobre um determinado tema, onde os estudantes possuem contato direto com conceitos pré-definidos e, depois, são avaliados.

São consideradas “fatias” das grandes áreas científicas, como matemática, biologia, ciências naturais, história, etc. Nos últimos anos, notou-se uma necessidade de criar conexões dentre esses temas do conhecimento com o objetivo de criar um ambiente de ensino e aprendizagem integral.

Ou seja, onde as disciplinas não são tratadas de maneira isolada e, sim, conectadas entre si para evidenciar que nenhuma ciência explica o mundo sozinha. No momento em que o ensino voltou-se a contemplar a construção do conhecimento pelo estudante, surgiram outros conceitos como:

  • Pluridisciplinaridade;
  • Multidisciplinaridade,
  • Interdisciplinaridade;
  • Transdisciplinaridade.

Aqui neste conteúdo, vamos tratar de apenas um desses em específico: o da interdisciplinaridade. Você vai entender o que é, por que é tão cobrada hoje em dia e como resolver exercícios com essa abordagem. Fique conosco até o final!

O que é interdisciplinaridade?

A palavra interdisciplinar diz respeito ao processo de ligação entre as disciplinas. Em outras palavras, utiliza conceitos comuns a duas ou a mais, promovendo a aproximação e a articulação das atividades docentes.

Por meio de uma ação coordenada e orientada para objetivos bem definidos, a interdisciplinaridade propõe o diálogo com as diversas ciências, evidenciando que todas as áreas do conhecimento fazem parte de um todo.

A partir disso, a Biologia, Ciências Naturais, História, etc são vistas não como partes ou fragmentações. E, sim, como disciplinas interconectadas e pertencentes uma totalidade.

A interdisciplinaridade é movimento, um conceito e uma prática que está em processo de construção e desenvolvimento dentro das ciências e que busca a superação da disciplinaridade. Essa é uma das explicações pelas quais a interdisciplinaridade é tão cobrada hoje em dia.

Por que a interdisciplinaridade é tão cobrada hoje em dia?

Em resumo, o conceito significa a combinação de métodos e percepções de duas ou mais matérias do meio acadêmico com o objetivo único de elaborar um projeto de pesquisa ou estudar um tema específico.

Oferece um cruzamento das fronteiras tradicionais das disciplinas acadêmicas (ou escolas de pensamento) oferecendo uma nova abordagem sobre a vida. Hoje em dia, é cobrada devido a aplicabilidade casos em que as disciplinas tradicionais são incapazes de abordar o problema de maneira integral.

Assim, normalmente, é utilizada em assuntos complexos que só podem ser compreendidos pela combinação das perspectivas de dois ou mais campos. Essa é uma das tendências em ensino-aprendizagem. Mas, existe uma diferença em relação ao conceito de transdisciplinaridade, onde as disciplinas também colaboram entre si, no entanto, apresentam um pensamento organizador, oferecendo novos dados que oferecem nova visão da natureza e da realidade.

Como resolver exercícios interdisciplinares?

Assim, interdisciplinaridade é o meio para responder a uma pergunta, ou ainda, abordar um tópico que combina, de maneira sistêmica, tanto o conhecimento como o método de diversas disciplinas.

Assim, na hora de resolver um exercício interdisciplinar, lembre-se que o objetivo dos estudos nessa linha conceitual é descobrir um terreno comum entre as ciências, principalmente aquelas que foram historicamente divorciadas como a matemática e a sociologia.

Para solucionar atividades onde haja o emprego de várias disciplinas utilize os conceitos chave de cada uma das matérias e aplique no exercício/atividade. Para esclarecer a maneira de fazer isso, é importante evidenciar quais são os objetivos educacionais específicos do exercício.

Assim, fica bem mais simples. Vai exigir inteligência emocional e sair da zona de conforto, rumo a uma aprendizagem. É árduo, mas sempre vale a pena.

Você não está sozinho nessa! Aqui no blog da Unicep, você aprende como estudar mais e melhor, assim como outras dicas e orientações. Explore nosso conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *