O que devo cursar se não tenho afinidade com Exatas?

O que devo cursar se não tenho afinidade com Exatas?

Tempo de leitura: 4 minutos

As pessoas aprendem exatas logo no ensino fundamental, depois no ensino médio, decoram inúmeras fórmulas e geralmente até o fim do ano, já esqueceram todas.

Na maioria das vezes, não vemos as pessoas utilizando a fórmula de Bhaskara ou Teorema de Pitágoras no dia a dia.

Mas é inegável que a matemática é essencial na vida das pessoas. Afinal todos os dias lidamos com dinheiro, contas, investimentos e muito mais.

Em muitas profissões, a matemática é indispensável.

Porém, se você é uma das pessoas que já sente um calafrio só de pensar em equação de segundo grau, talvez seja interessante analisar algumas outras possibilidades.

Confira algumas a seguir:

Pedagogia

Essa profissão abre um leque de oportunidades, oferecendo ao profissional a chance de trabalhar em instituições públicas e privadas, além de poder optar entre administração e magistério.

De uma forma mais simples, na área de administração, o pedagogo teria a função de gerenciar e supervisionar o sistema de ensino.

Por outro lado, no magistério, sua função é trabalhar diretamente ligado na orientação de corpo docente e dos alunos.

Psicologia

A procura por psicólogos nunca foi tão grande, por isso essa profissão tem ganhado tanta visibilidade em diversos segmentos. Seja trabalhando em empresas públicas ou privadas.

As possibilidades para empregar esse profissional são grandes. Podendo abrir seu próprio consultório, prestando serviço em clínicas particulares, postinhos de saúde e hospitais.

Letras

É outro curso que também oferece grandes possibilidades.

O profissional pode escolher entre trabalhar em uma escola de idiomas, escola de ensino médio, fundamental, cursos preparatórios para concursos e vestibular.

Quem se forma em Letras, se torna um estudioso da Língua Portuguesa, de idiomas estrangeiros, de suas respectivas literaturas.

Pode seguir carreira como acadêmico, tradutor, intérprete, pesquisador e muito mais. Vai depender muito de onde esse profissional se encontrar no mercado de trabalho.

História

Quem opta por história, trilhará o caminho do ensino. Na maioria das vezes como professor, podendo atuar da Educação Fundamental até a Superior.

Porém, para dar aulas em instituições de ensino superior, o profissional deve ter uma pós-graduação, preferencialmente Mestrado ou Doutorado.

Comunicação Social

Essa área engloba mais de um curso, que estão ligados, assim como o nome já fala, com a parte de comunicação.

Ou seja, você se encontrará como Jornalista, Publicitária ou até mesmo em Relações Públicas.

As pessoas que se formam nessas áreas, lidarão em sua maioria com palavras, textos, artigos. Atuando em empresas de comunicação, emissoras de TV, rádio, jornais, internet, agência de publicidade, etc.

Qualquer que seja o segmento, precisando de comunicação, interna ou externa, o profissional de comunicação social cuidará disso.

Direito

Quem se forma em Direito, pode simplesmente passar no exame da OAB e se tornar um advogado, como pode também prestar concursos públicos para assumir cargos mais altos como: Juiz, Desembargador, Promotor, Delegado, etc.

Mas se esse não é seu caminho, o profissional ainda pode focar seu trabalho no mundo corporativo ou acadêmico, como professor universitário.

Serviço Social

Trabalhar com pessoas carentes, de crianças à idosos. Essa é a profissão do assistente social.

Trabalhando com programas governamentais, tenta reverter situações de vulnerabilidade social, pobreza, violência.

Conclusão

Em todo curso você encontrará matérias que possui mais facilidade e outras que possui mais dificuldade.

Isso mesmo, ainda que você encontre o curso perfeito para você, essas matérias difíceis existirão.

Ou seja, ninguém faz o que gosta o tempo todo.

Por isso é importante considerar alguns pontos antes de tomar qualquer decisão. Não é só o fato de não gostar da matéria que deve influenciar a sua escolha.

É comum pessoas que possuem uma grande ligação com a matéria de História, se tornarem ótimos professores ou historiadores. Porém essa é uma relação simplista e que não se aplica para todas as pessoas.

Procure entender quais as razões para você gostar mais de uma matéria do que de outra.

Se informe sobre possibilidades de curso, que mesclem essas matérias de sua preferência, conheça cada curso e sua aplicação na sociedade, no mercado de trabalho.

Pesquisando e se informando sobre suas aplicações, possibilidades e área de atuação, será a melhor forma para se preparar e escolher o curso certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *