Guia completo: Como elaborar um plano de carreira que realmente funciona.

Guia completo: Como elaborar um plano de carreira que realmente funciona.

Você sabe o que é e para que serve um Plano de Carreira? Saiba aqui como elaborar um que realmente funciona.

Se você entrou nesse post, deve ser porque está buscando informações de como montar um plano de carreira que realmente funciona. Em outras palavras, qual a forma mais simples e prática de criar um planejamento para atingir um objetivo específico a longo prazo.

Para fins práticos, vale a pena ressaltar que traçar metas para a sua trajetória profissional é o caminho mais rápido para alcançar cargos mais elevados, bem remunerados e estáveis.

Assim, é fundamental que exista uma programação do tempo necessário para atingir os objetivos para que assim seja possível avaliar seus conhecimentos e habilidades. E buscar quais são as alternativas viáveis para alcançar os objetivos traçados.

Claro que a execução do planejamento exige persistência, disciplina e paciência. É um processo gradativo que envolve inúmeros obstáculos, mas com as orientações corretas você vai chegar lá. Aqui nesse post, você vai descobrir como elaborar um plano que realmente funciona. Vamos lá.

Como elaborar um plano de carreira que realmente funciona

Basicamente, o plano de carreira será uma sequência de metas e objetivos para levá-lo do seu momento atual para o estado desejado – em um determinado período. Esse planejamento pode ser médio ou longo prazo, adaptado e remodelado com o passar do tempo.

Para começar a elaboração de um plano de carreira que realmente funcione, basta ter papel e caneta e seguir os passos abaixo:

1) Reflita sobre seu momento atual

Para começar, é importante pensar sobre seu ponto de partida e fazer algumas reflexões básicas. Por exemplo, qual a sua ocupação atual? Você está satisfeito com suas atividades diárias? O que você mais gosta de fazer na sua rotina de trabalho? Por outro lado, reflita sobre o que menos te agrada. Anote tudo que vir à sua mente. Deixe os pensamentos fluírem, sem julgamento.

2) Defina onde você quer chegar

Você já parou para pensar quem deseja ser profissionalmente? Onde gostaria de estar daqui a dois, cinco ou dez anos? Essa é uma reflexão importante para conseguir definir o que traz felicidade e plenitude nesse setor da sua vida. Com os objetivos definidos em mãos, é mais fácil visualizar as oportunidades que fazem sentido. Como uma pós-graduação, por exemplo.

3) Trace metas no seu plano de carreira

Pronto, agora você tem de um lado o seu momento atual, seu ponto de largada. Do outro, tem onde quer chegar. Agora, faltam os degraus que ligarão um ao outro. Seguindo essa mesma lógica de distância, identifique o quão longe você está do seu objetivo final. Divida essa distância em espaços menores. Depois, defina o que você precisa aprender, adquirir ou mudar para chegar lá.

4) Invista em você

Provavelmente, você vai ver que será necessário obter novos conhecimentos, atualizar-se ou especializar-se. Para decidir qual a melhor forma de melhorar seu currículo, faça uma pesquisa aprofundada sobre o setor e descubra quais são as tendências e os desafios.

Na sequência, converse com os profissionais da área que podem lhe oferecer conselhos úteis e atualizados. Depois, faça uma lista das instituições que oferecem opções de ensino alinhadas o que você deseja.

Para finalizar, estipule prazos para cumprir cada meta. Elas devem ser organizadas com um período bem definido para que cada etapa seja cumprida. Agora você tem em mãos, o seu plano de ação. Concentre-se nele.

Tenha em mente de que durante muito tempo, as pessoas se movimentava simplesmente de acordo com as oportunidades que surgiam. Assim, as decisões de carreira não eram pensadas dentro de uma estratégia individual.

As pessoas ficavam dez, vinte, cinquenta anos numa mesma empresa, trilhando um caminho traçado por outros e praticamente inalterável. Isso fazia sentido para época. Hoje, existe mais espaço para ser protagonista da própria carreira. E você pode começar seu movimento agora, ao terminar esse post.

Gostou desse artigo? Conhece alguém que precisa descobrir mais sobre como funcionam os cursos de extensão? Compartilhem com seus amigos e amigas e fique de olho no nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *