Freelancer: a arte de trabalhar em casa

Freelancer: a arte de trabalhar em casa

Ter um emprego estável, com carteira assinada, férias garantidas depois de um ano de trabalho prestado, décimo terceiro salário e outras garantias, podem ser o sonho de muitos brasileiros.

Mas, felizmente deixou de ser um privilégio de poucos, já que inúmeras alternativas estão ao alcance de todos.

Hoje em dia, muitas pessoas se beneficiam das vantagens em trabalhar em casa, ou de qualquer lugar do mundo, desde que tenham acesso à internet e um talento a ser explorado.

Porém, como qualquer outro empreendimento, trabalhar em casa também requer planejamento e organização.

Seja qual for a atividade escolhida, você deverá começar por listar algumas prioridades ou necessidades, que listamos a seguir e que você deve se atentar, não necessariamente nesta ordem:

1. Escolha sua atividade

São diversas as atividades que podem ser realizadas no conforto e no horário que você estabelecer. Opte por fazer o que gosta, o que tem aptidão, o que lhe dá prazer. Se puder conciliar com sua formação, melhor ainda. Vejamos se você se enquadra em alguma dessas sugestões:

Se você gosta de ler e escrever poderá ser Freelancer Redator. Há quem pague por sua pesquisa, conteúdos, artigos, revisões.

Se domina a linguagem informática de programação, pode se dar bem como programador, ou criando e testando softwares, aplicativos (desenvolvimento web), ou simplesmente trabalhar manutenção e formatação de computadores.

Outras profissões também são compatíveis com o ambiente doméstico: contabilista, designer, trabalhos artesanais, consultorias, tradução, gestão de redes sociais, e outras infinitas possibilidades.

Depois que você identificar a sua atividade, é bom que conheça alguns sites que podem te ajudar no seu projeto. O cadastro é gratuito e funcionam como uma espécie de ponte entre a atividade que você oferece e o provável cliente.

2. Tenha uma boa conexão com a internet

Você já percebeu que vai precisar da internet, seja qual for a atividade escolhida. Então, é bom que contrate um bom serviço de internet. O principal ponto é que a conexão não fique caindo e te deixando na mão quando você mais precisa.

3. Organize seu ambiente de trabalho

Você deve criar um ambiente adequado de trabalho, seja ele qual for.

Tenha seu canto organizado e adequado para sua função, ou seja, seu material de trabalho. Este ambiente deve ser funcional e orientado ao trabalho, de modo a não oferecer nenhum tipo de distração.

Escolha com cuidado sua mesa, cadeira, computador e atente-se para uma boa iluminação.

4. Divulgue os seus serviços

Se você decidiu trabalhar em casa, deve investir na divulgação do seu produto ou serviço. E aqui, vale tudo: conte para os amigos e conhecidos e peça ajuda na divulgação (não é hora para deixar o orgulho falar mais forte).

Nessa fase, faça seu próprio marketing, uma vez que está no começo e ainda tem poucos ou nenhum cliente. Aposte nas redes sociais, crie seu portfólio online e procure produzir conteúdo.

5. Organize sua agenda

Para isso existe a tão querida e indispensável agenda!

Mas, use e abuse das ferramentas atuais, que complementam e agregam outras funções que a boa e velha agenda de papel não possui.

Mantenha o hábito de rever seus agendamentos todo final do expediente, isso ajuda a preparar com antecedência sua rotina do dia seguinte.

6. Defina seus horários de trabalho

É natural que trabalhando em casa, você seja dono do seu horário e poderá alterá-lo quando e como quiser.

É uma grande vantagem, mas é muito importante que você estabeleça e respeite seu horário de trabalho no dia-a-dia para que sua mente se habitue e mantenha um bom nível de produtividade.

A família deve respeitar seu horário e evitar interrupções, da mesma forma que você não deve misturar tarefas pessoais enquanto trabalha.

Vantagens de trabalhar em casa

São inúmeras as vantagens de se trabalhar em casa e inúmeras as alternativas possibilidades.  Vamos listá-las, a fim de animar quem já cansou de entregar currículo e quer dar a volta por cima e ser feliz, vejamos:

Mais tempo com a família

O tempo compartilhado com quem se ama não tem preço! Já que você é dono dos seus horários, será possível conciliar lazer em família com trabalho. Isso é muito prazeroso e certamente refletirá na qualidade e quantidade do seu trabalho.

Segurança e economia

Em casa você não estará suscetível à assaltos ou acidentes de transito. Também considere o ganho de tempo (e dinheiro) que você não vai gastar no trânsito: seja no transporte público ou no desgaste do seu veículo, caso possua.

Provavelmente você também não vai precisar comer fora de casa. Toda economia é importante, pois pode ser revertida em investimento no seu negócio.

Saúde, lazer e estudos

Já que trabalhando em casa você controla seus horários, poderá estabelecer horários saudáveis para suas refeições.

Nada melhor do que comer em casa, onde tudo é feito com aquele carinho e atenção. Alimentação saudável também reflete na qualidade dos seus trabalhos.

Trabalhar em casa também proporcionará mais tempo para passear, ver amigos, fazer uma academia, e até – caso queira – investir nos estudos, fazer cursos, aprender um novo idioma, etc.

Conclusão

São tantas as vantagens de trabalhar em casa que atualmente muitos empregadores também já acordaram para esta possibilidade. Muitos funcionários se revelam mais eficientes e produtivos trabalhando em casa do que no escritório, de acordo com alguns estudos.

Muito provavelmente o trabalho em casa será uma tendência de mercado e as empresas deverão investir nesta ideia cada vez mais, já que representa uma economia na empresa e aumento na qualidade de vida do empregado.

Agora que já se sente mais motivado a começar seus serviços de casa, que tal entender um pouco mais sobre como conciliar trabalho e estudo?

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *