Dicas para praticar sua inteligência emocional

Dicas para praticar sua inteligência emocional

Conheça aqui algumas dicas para praticar a sua inteligência emocional e aplicá-la nos estudos.

Você sabe o que é inteligência emocional? Senão, vamos começar por aí. Em resumo, é a capacidade de compreender e gerenciar as próprias emoções, assim como, levar em consideração e empatia o sentimento dos outros.

Esse termo foi cunhado no livro do mesmo nome, lançado em 1995, pelo
jornalista do New York Times, Daniel Goleman. Responsável por 12 anos pela editoria de ciências, o autor defende cientificamente a existência de uma inteligência emocional.

Seria uma maturidade para gerenciar de maneira saudável as situações que acontecem no decorrer da vida, entendendo o que acontece dentro de si.

Para Coleman, essa inteligência além de não ter relação com outras mais conhecidas, como a cognitiva, muitas vezes, é mais importante. Fora isso,
pode evoluir e aumentar no decorrer da vida, principalmente, ao estabelecermos hábitos.

Aqui nesse post, vamos dar dicas de como desenvolver e controlar a sua inteligência emocional. Acompanhe!

Qual a importância de ter uma boa inteligência emocional

A inteligência emocional é importante em diversos âmbitos da vida. Em termos pessoais, é uma maneira de compreender melhor o próximo, respeitando os sentimentos alheios e tornando a existência mais plena e pacífica.

Aplicada à realidade das atividades profissionais, podemos dizer que a gestão das emoções e o autoconhecimento, ajuda na comunicação, nos relacionamentos interpessoais e no trabalho em equipe.

Por isso, desenvolver a inteligência emocional é importante para desempenhar atividades de maneira plena, vivendo mais e melhor. Mas afinal, quais são as melhores maneiras para se fazer isso?

Aqui nesse post, separamos as principais dicas para auxiliar no desenvolvimento da sua maturidade emocional. Vamos lá?

Como desenvolver a inteligência emocional?

Medite

Como mencionamos acima, Daniel Goleman foi quem deu nome ao conceito Inteligência Emocional. Seus livros e estudos mais recentes mostram que a melhor maneira de desenvolvê-la é por meio da meditação.

Seu mais recente livro mostra cientificamente como a contemplação da mente e do momento presente é o caminho para aumento da produtividade e diminuição da ansiedade e depressão.

Uma das maneiras de começar a meditar é por meio de aplicativos e ouvindo alguns podcast específicos sobre o tema! Separamos algumas opções que podem te ajudar:

Conhece-te a ti mesmo

O autoconhecimento significa a tomada de consciência do indivíduo a respeito de si mesmo. Em outras palavras, a pessoa que não se conhece bem, vive na ignorância de suas potencialidades e deixa passar grande oportunidades na vida. Seja por medo ou por falta de confiança nas suas capacidades.

Além disso, é um processo que consiste na busca da autoeducação e da autoaceitação. Por meio do exercício de autoconhecimento é possível reconhecer seus objetivos de vida, aceitar-se, conhecer seus reais valores e
ser livre para ser quem realmente é, sem julgamentos.

O processo de autoconhecimento é resultado de toda uma vida, mas seguem alguns livros e podcasts que podem te auxiliar nessa trajetória.

Auto observação constante

Aliando os dois conceitos acima, de meditação com autoconhecimento, é possível prestar atenção ao seu comportamento, em um processo de auto observação constante.

Isso significa ficar atento a maneira que você sente certas emoções e como isso afeta diretamente a sua vida. No momento em que nos tornamos mais conscientes disso, fica mais fácil não apenas julgar como rotular nosso comportamentos.

A meditação e o autoconhecimento ajuda muito nessa questão. Por isso, lembre-se de ouvir o lado físico do seu corpo, prestando atenção a sensações e sentimentos.

Desenvolva sua empatia e resiliência

Você já deve ter ouvido falar de que empatia é entender o próximo e se colocar no lugar do outro. Na realidade, envolve vertentes mais profundas, como escuta ativa, estar presente, prestar atenção e não omitir nenhuma opinião ou tentar inserir alguma visão de mundo.

A empatia é uma habilidade que precisa ser exercitada com o tempo. Prestando atenção no próximo, você não apenas desenvolve-se como cidadão e indivíduo, como tornar-se mais resilientes as problemas da vida, encarando os obstáculos com maturidade.

Esperamos que esse conteúdo tenha trazido boas dicas de como desenvolver a inteligência emocional, assim como sobre a importância de equilíbrio para uma vida plena e produtiva.

Gostou dessas dicas? Aqui no blog da Unicep você encontra dicas de como entrar na faculdade e como ir bem nessa nova fase, por exemplo, como os podcasts podem te ajudar. Explore!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *