Conheça as principais áreas de atuação da Fisioterapia

Conheça as principais áreas de atuação da Fisioterapia

Pensando em cursar fisioterapia? Descubra aqui as principais áreas de atuação do fisioterapeuta

A Fisioterapia é uma área das ciências biológicas que contribui diretamente para o bem-estar dos pacientes, sendo uma grande aliada no diagnóstico, prevenção, reabilitação e tratamento de muitas patologias.

No Brasil, a profissão é regulamentada pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO). Atualmente, esse campo do conhecimento possui uma série de ramificações e diversas opções de especialização – sempre de acordo com as conformidades estabelecidas pelo órgão. 

Aqui nesse post, vamos conversar sobre as áreas de atuação da Fisioterapia, apresentando a você que deseja cursar ou já está cursando essa graduação suas múltiplas opções de especialização. Vamos lá?

Como é o curso de fisioterapia? 

A graduação em Fisioterapia visa a formação de profissionais capacitados a promover, prevenir e recuperar pacientes com distúrbios de movimento e funcionamento dos sistemas corporais ou dos órgãos. 

A grade do curso é essencialmente baseada em Ciências Biológicas. Grande parte das disciplinas possui a biologia, anatomia, fisiologia e patologia como principais temas.

Justamente porque a formação oferece diversas possibilidades de atuação, os futuros fisioterapeutas costumam ter muitas dúvidas sobre qual caminho seguir. Mas vamos te ajudar a sanar essas dúvidas apresentando a você as principais áreas de atuação da fisioterapia. Confira!

Áreas da Fisioterapia

O fisioterapeuta é um profissional que pode atuar em diversos setores da saúde. 

Há vagas em clínicas especializadas, hospitais públicos e particulares, ONGs, clínicas de estética e até mesmo em clubes de futebol! 

Confira agora algumas das principais áreas de atuação da fisioterapia: 

Fisioterapia em Acupuntura

O que é? 

A área da Fisioterapia em Acupuntura consiste no conjunto de técnicas chinesas que consiste na aplicação de agulhas, stipers ou laser em pontos específicos sob o tecido cutâneo. O objetivo é estimular diversas partes do corpo para alcançar o bem-estar holístico, promovendo melhorias no sistema imunológico e no controle das dores.

Como atua?

Como fisioterapeuta especialista em acupuntura, você poderá trabalhar em hospitais, clínicas médicas, postos de saúde, consultórios particulares, instituições assistenciais e em outros ambientes que oferecem tratamentos alternativos, como SPAs, hotéis e clínicas de estética.

Quem são os pacientes?

Indivíduos que sofreram algum tipo de lesão e buscam tratamento complementar para amenizar dores. Também procuram pela acupuntura aqueles que desejam tratar dores de cabeça, insônia, depressão, compulsões e ansiedade, por exemplo.

Fisioterapia Aquática

O que é? 

A Fisioterapia Aquática trata-se de uma técnica terapêutica realizada na água, em geral, uma piscina aquecida. Nesse tratamento, os principais recursos são os efeitos físicos e fisiológicos da água (flutuação e pressão hidrostática). Também é conhecida como Hidroterapia.

Como atua?

Sendo um profissional especializado em Hidroterapia, você atuará na orientação de pacientes sobre os melhores movimentos indicados para o tratamento necessário. O tratamento é vantajoso, visto que o ambiente aquático oferece menor impacto no corpo, amenizando o risco de lesões.

Quem são os pacientes?

Indivíduos que sofreram lesões ortopédicas, alterações posturais, sequelas neurológicas e que possuem doenças respiratórias e dores crônicas. O tratamento é indicado também para amenizar o estresse e minimizar distúrbios do sono.

Fisioterapia Dermatofuncional

Fisioterapia dermato funcional

O que é? 

A área de Fisioterapia Dermatofuncional é a especialização da Fisioterapia focada na prevenção, recuperação e manutenção da saúde da pele, o maior órgão do corpo humano. É uma área de atuação relativamente recente, mas, que conta com boa adesão dos profissionais fisioterapeutas.

Como atua?

Ao especializar-se nessa área, você estará apto a auxiliar em tratamentos em casos de flacidez da pele, gordura localizada, estrias e cicatrizes, tanto em clínicas quanto em hospitais, por exemplo. Pode atuar nas fases pré e pós-operatória de intervenções cirúrgicas, estéticas ou de restauração.

Quem são os pacientes?

Indivíduos que sofreram queimaduras graves e perderam parte de seus movimentos, apresentando problemas de locomoção; pacientes com grande perda de peso e, consequentemente, excesso de pele e flacidez; pessoas que procuram melhorias estéticas na pele.

Fisioterapia Neurofuncional

O que é? 

A área de fisioterapia neurofuncional ou neurológica, é a área de atuação na qual o profissional ajudará os pacientes a se recuperarem de lesões cerebrais decorrentes de doenças ou acidentes que afetem o sistema nervoso. O objetivo é ajudar o paciente a readquirir seu desempenho físico e independência.

Como atua?

Você ajudará pacientes em reabilitação a desenvolverem certas funções cognitivas e motoras importantes, auxiliando também na prevenção, reversão ou alívio de sequelas. 

Quem são os pacientes?

Indivíduos que apresentem algum tipo de transtorno do sistema nervoso, como Alzheimer e Parkinson; vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) ou traumatismo craniano; pacientes com doenças neuromusculares, como esclerose múltipla.

Fisioterapia Esportiva

Fisioterapia Esportiva

O que é?

A Fisioterapia esportiva, também conhecida como fisioterapia desportiva, é a área de atuação focada na prevenção e no tratamento de lesões decorrentes da prática esportiva, visando a manutenção e otimização das habilidades físicas dos atletas.

Como atua?

Ao escolher essa área de atuação da fisioterapia, você poderá trabalhar com primeiros-socorros a atletas, na prevenção e tratamento de lesões, das mais simples às mais complexas. Os tipos mais comuns de problemas são: tendinite, contusões, luxações, rompimento de ligamentos e fraturas.

Quem são os pacientes?

Indivíduos que praticam atividades físicas e atletas de diversos esportes e modalidades que sofram lesões ou desejam evitá-las para não comprometer seus desempenhos.

Fisioterapia em Terapia Intensiva

O que é? 

A Fisioterapia em Terapia Intensiva trata-se da área de atuação da Fisioterapia cujo objetivo é manter o paciente vivo, funcional e apto, minimizando as potenciais sequelas e reduzindo o tempo de internação. 

Como atua?

Trabalhando em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), você atuará no acompanhamento do funcionamento do sistema respiratório de pacientes em estado crítico. Auxiliará no tratamento e prevenção de doenças pulmonares, cardiológicas, circulatórias e musculares, reduzindo os riscos de complicações.

Quem são os pacientes?

Indivíduos em estado crítico em UTIs, que necessitem de suporte ventilatório ou apresentem limitações motoras graves.

Fisioterapia em Quiropraxia

O que é? 

Nessa especialidade, o fisioterapeuta estuda o funcionamento do sistema nervoso e sua interação com outros órgãos e tecidos. O objetivo é o diagnóstico e tratamento de disfunções do sistema musculoesquelético, principalmente a coluna vertebral.

Como atua?

Como fisioterapeuta quiropraxista, você irá atuar em clínicas especializadas, consultórios, hospitais e academias. Você aplicará técnicas de terapia manual e orientará exercícios e a postura adequada para que o paciente tenha redução de dores e tensões nas regiões afetadas.

Quem são os pacientes?

Pacientes de todas as faixas etárias, inclusive gestantes, que necessitem de tratamento para problemas ligados a articulações, músculos, tendões, nervos e outras estruturas; atletas que buscam melhora de performance.

Fisioterapia Traumato-Ortopédica

Fisioterapia Traumato-ortopédica

O que é? 

A Fisioterapia Traumato-Ortopédica é a área de atuação mais tradicional da Fisioterapia. Seu foco é o tratamento e prevenção de lesões ortopédicas causadas por traumas, como fraturas, torções, luxações e amputações, auxiliando o indivíduo a conquistar independência funcional e qualidade de vida. 

Como atua?

Como fisioterapeuta, nesta área você atuará na cura e no estímulo de habilidades do paciente para restauração de suas capacidades, podendo assim se reintegrar à sociabilização e ao trabalho. Pode trabalhar em clínicas, hospitais, pronto-socorro.

Quem são os pacientes?

A área de fisioterapia traumato-ortopédica é indicada para qualquer indivíduo que apresente um trauma ortopédico, desde crianças até idosos. Atletas que sofrem lesões também podem ser acompanhados pelos profissionais especialistas nesta área.

 Fisioterapia Cardiovascular

O que é? 

É a área da Fisioterapia voltada à reabilitação cardiovascular de pacientes portadores de cardiopatia. O objetivo do fisioterapeuta cardiovascular é, principalmente, evitar a progressão da doença e minimizar as possíveis sequelas.

Como atua?

Optando por atuar como fisioterapeuta cardiovascular, você irá recomendar aos pacientes exercícios de baixa intensidade, com foco na prevenção de complicações. Você poderá atender em centros cirúrgicos de hospitais, clínicas e consultórios (pré e pós-cirúrgico) e à domicílio, no caso de pacientes que ficam impossibilitados de se deslocar até outro lugar no pós-cirúrgico.

Quem são os pacientes?

Indivíduos cardiopatas, pós-infartados e outros pacientes que tenham passado por cirurgias que afetem o sistema cardiovascular. 

Fisioterapia em Oncologia

O que é? 

A Fisioterapia Oncológica é voltada a preservação dos órgãos de pacientes que estejam passando pelo tratamento de câncer. O objetivo é amenizar e prevenir os efeitos colaterais do tratamento para que a recuperação seja mais eficiente.

Onde atua?

O fisioterapeuta oncológico pode atuar tanto no pré quanto no pós-operatório, visando, principalmente, reduzir complicações à saúde do paciente. A abordagem dependerá das disfunções que o tumor provocou no organismo do indivíduo, e também do tratamento utilizado.

Quem são os pacientes?

Pacientes oncológicos, em tratamento, preparando-se para procedimentos cirúrgicos ou em recuperação pós-operatória.

 

Aqui você conheceu sobre as principais áreas de atuação da Fisioterapia, como os profissionais especialistas em cada uma delas atuam e quem são os pacientes e as patologias tratadas. 

Então aí vai uma última dica: durante a graduação, observe, pesquise e questione seus professores sobre o campo de trabalho do fisioterapeuta. Assim você irá descobrir qual área é mais compatível com as suas preferências e aptidões!

O mercado de trabalho para o fisioterapeuta é muito amplo e não faltam oportunidades para bons profissionais que exerçam a atividade com ética e responsabilidade. Agora que você está mais familiarizado com suas futuras opções de trabalho, que tal conhecer o curso de fisioterapia da Unicep?O curso de Bacharel em Fisioterapia da UNICEP é o caminho para quem gostaria de tornar-se e agente de promoção do bem-estar físico, psíquico e social de sua comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *