Aprenda escrever uma redação nota 1000 no ENEM

Aprenda escrever uma redação nota 1000 no ENEM

Quem se prepara para as provas do Enem ou qualquer vestibular que seja, já entendeu que não basta estar afiado nas “exatas” ou “humanas”.

Ou seja, é preciso que a sua redação alavanque o seu resultado final.

Será fundamental que a sua produção atenda às normas exigidas, que você domine a escrita corretamente, atentando para a concordância, pontuação e outras regras.

Mas o que será ainda mais avaliado, é a sua capacidade de se expressar, juntar ideias e propor soluções para temas complexos.

Naturalmente ninguém nasce sabendo tudo isso. Será preciso treinar muito, a habilidade de escrever.

Buscamos algumas técnicas e dicas de pessoas que se deram muito bem no Enem e vamos passar pra você, o próximo a gabaritar no quesito redação!

Conheça o que pode zerar sua redação

A primeira dica de ouro é conhecer o que poderia zerar a sua redação, o que fatalmente deixaria você fora da competição, ainda que tenha se saído bem nas outras disciplinas.

Sabemos que o formato de redação exigido pelo Enem é o modelo Argumentativo – Dissertativo, portanto, sua redação deverá apresentar introdução, desenvolvimento e conclusão.

Mas, se sua redação não atender às exigências deste formato de texto, poderá ser zerada.

Consulte o edital do Enem para entender quais os motivos que resultam em zero na redação.

Atente-se em atender ao tema proposto e organize os parágrafos de forma a dar coerência às suas ideias.

Seu texto deve ter o tamanho exigido, se for insuficiente ou se não seguir o modelo Argumentativo-Dissertativo, você estará fatalmente prejudicado.

Quais são os critérios da equipe avaliadora

Antes de começar a estudar as técnicas de uma boa redação, é fundamental que você conheça os critérios de avaliação que sua redação será submetida:

  • Domínio da norma culta da língua escrita
  • Compreensão da proposta (aplicação de conceitos de várias áreas de conhecimento para o desenvolvimento do tema)
  • Atendimento às normas estruturais do texto argumentativo-dissertativo
  • Capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista (demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação)
  • Elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural

Prepare-se estrategicamente, buscando atender aos critérios de avaliação. No mais, seja fiel ao tema proposto.

Não vale escrever sobre outros aspectos relacionado ao tema, tem que ir direto nele.

Lembre-se que neste formato de texto exigido, você deverá utilizar da argumentação para defender sua ideia.

Terá que convencer o leitor, por meio de conceitos, ideias, exemplos, comparações, etc, que você tem conhecimento e opinião formada sobre o tema proposto e apresentar uma conclusão coerente e bem fundamentada.

Como estudar para a fazer uma redação nota 1000 no ENEM

A quantidade de linhas na redação do Enem vai de acordo com o edital.

Professores de redação afirmam que não há um tamanho ideal, desde que você respeite a estrutura do texto que é exigida.

Em toda edição do Enem eles divulgam um manual. Ali também costumam apresentar exemplos de redação nota 1000, com os comentários dos avaliadores.

Analise atentamente as redações que tiraram nota máxima nas últimas edições do Enem.

Pegue as provas anteriores e pratique no modelo dissertativo-argumentativo. Leia muito, principalmente sobre assuntos que impactam a sociedade brasileira.

Para você ter uma ideia, nos últimos anos os temas que caíram foram: Lei Seca, publicidade infantil, violência contra a mulher e intolerância religiosa.

Pratique sua escrita nos padrões solicitados pelo Enem.

Depois, quando já tiver mais segurança, procure fazer a redação e passá-la a limpo com o cronômetro ligado.

A meta é fazer tudo dentro do prazo de uma hora (o mesmo tempo que você terá no dia do Enem).

Atenção com assuntos sensíveis

Você já deve saber, mas nunca é demais lembrar o que precisa ficar de fora da sua produção textual.

Qualquer conceito que envolva assuntos morais, éticos e religiosos, seja totalmente imparcial, sem ideologias de nenhum tipo.

Não se permite, portanto, nenhum tipo de desrespeito aos direitos humanos.

Ou seja, declarações de intolerância, perseguições à filosofias, seitas, costumes, ou ainda, declarações contra a liberdade de expressão ou individualidade.

Não cometa este erro!

Na hora da prova de redação

Na hora da prova, você deverá receber um texto ou artigo que são apresentados para entendimento do tema e incitar ideias.

Lembre-se que se houver plágio do texto indicado, sua prova será anulada.

Comece escrevendo suas primeiras ideias, para só depois se preocupar em estruturar as frases do jeito certo.

Para a introdução, foque no tema proposto e responda à pergunta: “o que eu penso sobre isso?”

O desenvolvimento pode ser obtido por meio das perguntas:

“como posso provar isso?”, “Quais as causas disso?”, “Quais as consequências disso?”, “Como isso acontece?”, “De que forma posso realizar isso?”.

E a pergunta para a conclusão é: “Que lição pode ser tirada disso?

A partir dessas respostas é que você vai organizar seu texto.

Conclusão

Não é tão difícil, empenhe-se, porque o resultado vai te surpreender.

Lembre-se que o seu bom desempenho no Enem, é o primeiro critério de desempate nos programas federais Sisu (que distribui vagas em universidades públicas), ProUni (que oferece bolsas de estudos) e FIES (que concede financiamento a juros baixos).

Em algumas faculdades, as pessoas que apresentam uma boa nota geral do Enem pode conseguir descontos de 10 a 100% da mensalidade.

Já pensou poder estudar sem pagar nada só porque foi bem no exame? Então esteja motivado o tempo todo!

Descubra agora, “Quais cursos você pode cursar caso não goste de matemática”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *