Análise SWOT: O que é e como desenvolver uma?

Se você é estudante, muito provável que já tenha ouvido este termo técnico: “Análise SWOT” – um termo técnico, que nada mais é do que uma importante ferramenta utilizada no planejamento empresarial, seja de pequeno, grande ou médio porte.

Para quem nunca ouviu o termo, é importante saber que sigla SWOT, deriva do inglês:

  • Strenghts
  • Weaknesses
  • Opportunities
  • Threats

Que traduzidas para o português, significam: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

Ou seja, quando surge algo importante para ser decidido, as empresas precisam considerar alguns fatores, como: o ambiente interno (ou microambiente), estudando as forças e fraquezas da empresa, e, ao mesmo tempo, estudar o macroambiente (ambiente externo), para vislumbrar as oportunidades e ameaças que se apresentam no mercado.

Porque utilizar a Análise SWOT?

O mercado é sempre competitivo, oscilante e desafiador, em todas as áreas. Então, geralmente, quando algo sério ou diferente acontece no mercado, as empresas têm poucas opções: ou se adaptam e se acomodam à nova situação, ou realizam a análise SWOT, para vislumbrarem os caminhos seguros e promissores a serem seguidos.

O resultado da análise é chamada de Matriz SWOT, que tem por função identificar os principais fatores internos e externos a serem trabalhados. Após concluída a análise SWOT, o empresário (empreendedor) saberá decidir com maior segurança sobre todos os prós e contras das questões que envolvem os seus clientes, produtos, fornecedores, etc.

Ou seja, qualquer decisão, para ser bem tomada, pensada e esquematizada, requer entender seu próprio negócio e tudo ao redor dele, o que só é possível após a análise SWOT do negócio, caso contrário, será apenas uma decisão às cegas.

Como realizar uma Análise SWOT

É relativamente fácil produzir uma análise SWOT. O mínimo necessário, será entender o próprio negócio ou estar disposto a pesquisar um pouco do mercado.

Existem vários modelos de análise SWOT disponíveis na internet, que nada mais são que planilhas (ou tabelas) onde, estarão localizados estrategicamente os tópicos “Ambiente Interno” e “Ambiente Externo”.

Ambiente Interno

Ou microambiente, onde serão estudados:

1) Forças (pontos fortes), que geralmente são: atendimento de qualidade, localização privilegiada, marca forte e consolidada, etc.

2) Fraquezas (pontos fracos), que correspondem à: falta de treinamento, atendimento precário, produtos e serviços sem diferenciais, posicionamento estratégico confuso.

Ambiente Externo

Ou macroambiente, onde serão estudados:

3) Oportunidades: aqui podem aparecer inúmeras, as oportunidades a serem consideradas, como por exemplo, a saída de um grande concorrente do mercado, verão com muito sol, volta às aulas, tudo dependerá de qual for o ramo da sua empresa e o que ela considera “uma oportunidade” oferecida pelo mercado.

4) Ameaças: Devem ser considerados, por exemplo, o alto nível da concorrência, o aumento do preço da energia/combustível, a inflação, a comodidade oferecida por aplicativos e que facilitam a vida dos consumidores, dentre outros.

Veja abaixo um exemplo da Matriz SWOT geralmente utilizada :

Exemplo de Matriz SWOT
Exemplo de Matriz SWOT. Fonte: Blog Luz.vc

Assim como no ambiente interno, dependendo de qual for o ramo da sua empresa, os pontos considerados oportunidades e ameaças, são variáveis e podem mudar, concluindo-se, portanto, que cada análise SWOT é única.

Se a análise foi preenchida com responsabilidade, verdade e consciência, o resultado será surpreendente, pois demonstrará claramente, onde houve erros e onde houve acertos, na gestão da empresa.

Se você está atento ao mercado em que atua, realiza pesquisas com frequência, vai ser fácil pra você identificar neste seu mercado, onde e quando ele oferece oportunidades e onde representa ameaças.

A ideia é valorizar as suas “Forças”, corrigir suas “Fraquezas”, aproveitar as “Oportunidades” e evitar as “Ameaças”. Sabendo tudo isso, o caminho estratégico que deve ser seguido se torna muito mais claro, é a análise SWOT cumprindo sua função!

Conclusão

Toda pequena e grande empresa deve se posicionar após realizar uma análise SWOT. Na verdade, esse é um estudo que deve ser feito periodicamente, afinal, o mercado está em constante evolução, concorrentes não param de aparecer, então, nada melhor do que estar sempre preparado para novas decisões.

Agora você já sabe o que é e como funciona essa análise, cabe a você realizar o seu estudo, com consciência e responsabilidade, para as futuras tomadas de decisões. 

Caso ainda esteja em dúvida sobre como desenvolver a melhor análise, continue pesquisando, existem várias formas para se fazer e todas elas levam para excelentes caminhos estratégicos.

Você já está apto para realizar uma Análise SWOT, entenda agora “como escrever um e-mail profissional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *